BIOGRAFIA INSTITUCIONAL

Published: 4 anos ago

Cruzado Novo

Elmo Camões foi presidente do Banco Central do Brasil, no período de 9 de março de 1988 a 22 de junho de 1989, na gestão do Presidente José Sarney. Naquele período houve uma reforma monetária que instituiu o CRUZADO NOVO, como unidade do sistema monetário, que correspondia a mil cruzados, mantido o centavo. A nova unidade monetária foi criada pela Medida Provisória nº 32, de 15.01.1989, convertida pelo Congresso Nacional na Lei nº 7.730, de 31.01.1989. Contou com a chancela e a supervisão dos Presidentes do Conselho Monetário Nacional – Maílson Ferreira da Nóbrega – e do Banco Central do Brasil – Elmo de Araújo Camões.

O Governo utilizou o primeiro ano de vigência do plano para carimbar os novos valores expressos em cruzados novos nas cédulas já existentes do cruzado, que se abandonava, como medida de economia.

A Resolução nº 1.565, de 16.01.1989, do Conselho Monetário Nacional, disciplinou a implantação do novo padrão. Veja todas as cédulas que circularam com a designação de cruzado novo.

NCz$ 1,00


Anverso:
Retrato de Joaquim Maria Machado de Assis (1839-1908), tendo à esquerda o emblema da Academia Brasileira de Letras.


Reverso:
Estampa representativa da Rua Primeiro de Março, no Rio de Janeiro, (antiga Rua Direita), baseada em foto de 1905.
Período de Circulação: 16.01.89 a 31.10.90

Chancelas:

1. Ministro da Fazenda: Mailson Ferreira da Nóbrega

2. Presidente do Banco Central: Elmo de Araújo Camões

 

NCz$ 5,00


Anverso:
Retrato de Cândido Torquato Portinari (1903-1962), tendo, à esquerda, gravura com trecho final do painel épico “Tiradentes”, concluído em 1949.


Reverso:
À esquerda, gravura baseada em foto que mostra Portinari desenhando o painel “Baianas”. À direita, outra gravura lembra elementos do painel “Paz”, que evoca cenas da infância do artista em Brodósqui (SP).

Período de Circulação: 16.01.89 a 31.12.90

Chancelas:

1. Ministro da Fazenda: Mailson Ferreira da Nóbrega

2. Presidente do Banco Central: Elmo de Araújo Camões

 

NCz$ 10,00


Anverso:
Retrato de Carlos Ribeiro Justiniano das Chagas (1879-1934), baseado em foto de 1931, tendo, à esquerda, gravura representando esquema clássico do ciclo evolutivo do protozoário “Trypanosoma cruzi” (o barbeiro).


Reverso:
Gravura mostrando Carlos Chagas trabalhando em laboratório.

Período de Circulação: 16.01.89 a 31.12.90

Chancelas:

1. Ministro da Fazenda: Mailson Ferreira da Nóbrega

2. Presidente do Banco Central: Elmo de Araújo Camões

 

NCz$ 50,00


Anverso:
Efígie de Carlos Drumond de Andrade (1902-1987), aparecendo, ao fundo, o casario e as montanhas de Itabira (MG).


Reverso:
Uma gravura representa o poeta em sua mesa, no of&iacutecio de escrever. À direita da gravura, estão reproduzidos os versos do poema “Canção Amiga”.

Período de Circulação: 16.01.89 a 31.12.90

Chancelas:

1. Ministro da Fazenda: Mailson Ferreira da Nóbrega

2. Presidente do Banco Central: Elmo de Araújo Camões

 

NCz$ 100,00


Anverso:
Retrato de Cecília Meireles (1901-1964), tendo à esquerda, a reprodução de desenho de sua autoria, ao qual se sobrepõ em alguns versos manuscritos extraídos de seus “Cânticos”.


Reverso:
A gravura, à esquerda, representa o universo da criança, suas fantasias e o momento da aprendizagem. O painel é completado, à direita, com a reprodução de desenhos feitos pela escritora, representativos de seus estudos e pesquisas sobre folclore, músicas e danças populares.

Período de Circulação: 16.01.89 a 31.12.90

Chancelas:

1. Ministro da Fazenda: Mailson Ferreira da Nóbrega

2. Presidente do Banco Central: Elmo de Araújo Camões

 

Have a Comment?

Some HTML is OK